Mundo afora: Noruega

Melhor seria dizer: Mundo afora, Hurdalsjøen e Oslo. Mas tudo bem, ficamos com Noruega que é o país o qual essas duas cidades pertencem. Fomos passar quatro dias na Noruega em uma viagem planejada 15 dias antes da partida. Compramos as passagens na Ryanair e pé na estrada!

Ficamos hospedados na casa de amigos muito queridos que conhecemos aqui na igreja de Trento. Eles trabalham em uma escola para missionários em Hurdalsjøen (http://www.gus.no/portugese), que fica a 70 km de Oslo.

A cidade é uma gracinha, as estradas são muito bonitas e as paisagens são como nos filmes: planícies com grama verdinha e casinhas coloridas de madeira.


A casa em que ficamos era muito linda e aconchegante. Chão de madeira, lareira na sala, muitas janelas para ver lá fora e o chão do banheiro aquecido. Não estava frio, pegamos dias lindos de sol, com a temperatura média de 17 graus, dizem que o verão se assemelha muito com esses dias que passamos lá, com a diferença de o sol aparecer por ainda mais tempo.
Passeamos no lago Hurdalsjøen, que é lindíssimo e ainda estava com algumas partes da superfície congeladas. O caminho era muito lindo, bem diferente de tudo o que já vimos por aqui.

Foto2 Foto3 Foto4

No dia seguinte fomos conhecer a capital, Oslo. Já tivemos o primeiro choque quando o trem chegou. Era um trem ultra, hiper chique, melhor até do que os Frecciarossa que andam por aqui, ou seja, o trem mais simples deles é  melhor do que o nosso trem mais caro.
foto5
Entramos no trem, espantados com o espaço, a limpeza e a beleza do seu interior e ficamos surpresos por ainda encontrar uma máquina daquelas que vendem café, chocolates e etc dentro de um de seus vagões. Como se não bastasse havia um lugar especial para colocar o casaco! Foto7
foto6
Chegamos em Oslo alguns minutos depois e decidimos passear a pé. Sem ônibus de turismo ou de linha. Perder-se assim pela cidade nos pareceu super atraente. Logo pertinho da Estação Central estava a Opera House, que é a casa nacional de ópera e ballet. Como se não bastasse a beleza de toda a arte que o edifício abriga, o próprio edifício é uma obra a parte.
opera_norway_740
IMG_7889
Muitos noruegueses aproveitam o grande espaço em volta do prédio para tomar sol. Não do modo brasileiro de tomar sol (de biquíni na praia), mas do modo europeu de tomar sol (mesmo de casaco em qualquer lugar). O entorno é mais lindo ainda! O Opera House fica rodeado pelo mar.

Essa é a vista de quem está no edifício.

Essa é a vista de quem está no edifício.

Depois, seguimos para o centro da cidade. Mas não antes de um almoço no Burger King, que para nós moradores de Trento, é um privilégio. O Burger King mais próximo daqui fica a 60km, em Bolzano. E Mc Donald’s até tem aqui na cidade, mas fica na periferia, quase na saída da cidade (e ainda tem gente que não acredita na mafia italiana).
IMG_7940
Saindo dali seguimos para a Duomo de Oslo, ou seja, a Catedral da cidade, que é Luterana como religião oficial.
IMG_7959
IMG_7965
Seguimos pelas ruas do centro, que são bastante diferentes das ruas do nosso centro no quesito tamanho. As ruas por aqui são mais estreitinhas. Talvez seja pelo fato da época em que foram construídas, ou porque é uma cidade pequena mesmo. Mas Oslo tem ruas largas e muito bonitas. As lojas geralmente estendem um tapete na entrada o que faz a gente se sentir muito importante! E uma curiosidade são as estantes de livros ou de roupas que ficam pra fora. Fico imaginando a falência de uma loja dessas no nosso Brasil.
IMG_7979
Entre tantos edifícios bonitos, encontramos o Parlamento. Ele não coube em nenhuma foto minha, por isso mostro só um pedacinho.
IMG_7997
Estávamos muito satisfeitos, quando de repente eis que surge um belíssimo chafariz com o Teatro Nacional ao fundo. Foi pouca máquina pra tanta foto! E fotos com um grande sorriso gente, porque o que tem de gente nesse mundo afora que não sorri pra foto…
IMG_8015
IMG_8039
O Teatro Nacional também foi bonito de se ver! E tudo devidamente arborizado e com as flores mais lindas. Pena que não estava aberto para visitação.
IMG_8054
Ali pertinho ficava o Palácio Real que é bem menos glamuroso que o Palácio de Buckingham, que eu nunca fui, mas pelas fotos dá pra notar a diferença. Ouvi dizer que na Noruega essa questão de igualdade é bem forte. Todos os alunos ganham um dinheiro do governo para material escolar e etc, para que todos tenham a possibilidade de comprar o mesmo material de qualidade. Pensamos que esse seria um bom motivo para o Palácio Real ser assim, mais simples do que poderia ser. Talvez os reis não ostentem porque também são considerados iguais ao resto da população.
IMG_8069
Nos arredores do Palácio encontramos algumas pessoas tomando sol e uma moça muito simpática com o cartaz “You’re perfect”.
IMG_8085

IMG_8086

Por fim, visitamos o City Hall, que é o edifício que abriga a administração da cidade, bem como galerias e obras de arte. Nele são realizados diversos eventos como a entrega do Prêmio Nobel. A cada hora toca um sino, que na verdade é mais que um sino é um “carrilhão”. Não tem só a badalada, tem outros sons nesse intervalo. 3586149888_3f2865061c

Gostaríamos de ter visto o Museu dos Barcos Vikings, o Vigeland Park, que possui 212 esculturas, os fiordes, entre outras coisas, mas o cansaço nos venceu!
Amamos Oslo, a Noruega, o primeiro mundo, comprar balas com cartão de crédito, as casinhas coloridas, a lenha na lareira, a simpatia dos noruegueses e incetivo a todos que me perguntarem: visitem a Noruega! Que lugar lindo. 🙂

IMG_7905

Anúncios

8 pensamentos sobre “Mundo afora: Noruega

  1. Adorei o relato da viagem à Noruega, uma leitura muito agradável. As fotos estão lindas. Fiquei com vontade de conhecer também. Parabéns, minha norinha!

  2. Amei! Nossa, fiquei morrendo de vontade de conhecer! É sério mesmo esse negócio da máfia? O.O
    A comida do Burger King é igual a do Brasil? ( Que curiosa,hahaha)

    • Paula, aqui na Itália, principalmente no sul a máfia é coisa séria. Eles controlam o lixo, os restaurantes, a política e coisas que a gente nem imagina. Claro que tudo é muito discreto e sutil, mas é sério. O que aconteceu aqui em Trento foi que o Mc tentou abrir no centro da cidade, mas não conseguiu. Claro, iria falir todos os outros restaurantes! O mesmo acontece quando um empregado pede demissão por justa causa (trabalhava muito, ganhava pouco, ou algo assim), esse empregado dificilmente conseguirá outro emprego. A não ser que já tenha um outro contato ou coisa assim. Se não… (histórias que ouvi por aqui).
      Sobre o Burger, aqui na Itália (Milão, Bolzano e Napoli que foi onde comi) não achei muito saboroso. Achei pouco gosto de churrasco, como é no Brasil e achei que a salada e o queijo estavam mal colocados. Mas na Noruega estava muito bom, até com maionese eu comi! 🙂

  3. Daqui uns dias (talvez anos) vou dar uma passada lá só pra conferir as tuas dicas 😉 Adorei as fotos, como todas as que vcs postam
    .

  4. É verdade! Mas apesar de não termos tantos euros assim, creio que aproveitamos bastante. Esqueci de mencionar no port, mas a Noruega é bastante cara. Porém, nada que um almoço no Burger King e umas bolachinhas na mochila não resolvam! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s