Mundo Afora: Paris

Uma das cidades mais especiais do mundo pra mim! Não. Eu não gostaria de morar lá, na verdade não gostaria de morar em grandes cidades como ela, mas sem dúvida é um daqueles lugares que você pode ir quantas vezes quiser que sempre vai encontrar coisas novas. Noivamos em 2010 na Montmartre (bairro da Amélie Poulain) e voltamos esse ano para comemorar 1 ano de casamento. Divido agora com vocês todo o charme e beleza da cidade do amor!

ImagemChegamos na estação Gare de Lyon às 9h30 de uma sexta-feira fria, pegamos o metrô até o hotel que ficava em Cambrone (aproximadamente 1,5km da Torre Eiffel). Fizemos check-in e apesar de todo planejamento anterior, ficamos meio perdidos com aquele frio inesperado (sério uns 12 graus e é verão!). Decidimos caminhar até a Torre e almoçar no Mc Donald’s, enquanto procurávamos o Mc encontramos uma rua cheia de lojinhas super boas entre elas uma que se chamava “Casa” que tinha coisas incríveis para casa! Fizemos algumas comprinhas (praticamente toda a tarde) e voltamos cansados para o hotel.

No sábado decidimos pegar um daqueles ônibus de turismo, no caso o Paris L’Open Tour (http://www.parislopentour.com/paris-accueil.php) e foi muito bom! Eles tem 4 rotas por Paris o que cobre os principais pontos. Fizemos um grande passeio pela cidade durante a manhã, almoçamos e de tarde fizemos a nossa primeira parada em Montmartre. Quando fomos em 2010 não conseguimos ver a Sacre Coeur porque a cidade estava assim:

ImagemMas dessa vez tinha um sol lindo, todo mundo no gramado e assim pudemos admirar toda a beleza dessa belíssima igreja. Esse bairro é sempre lotado, seja inverno, seja verão. As ruas são estreitinhas e as praças cheias de artistas. É um bairro típico! E a igreja fica no ponto mais alto podendo ser vista de várias parte de Paris.

ImagemImagemDe novo eu me senti nas páginas dos livros de geografia do Ensino Fundamental. Todas essas pessoas na grama, a igreja linda de morrer lá em cima… Confesso que seria mais agradável se tivesse menos gente, mas é demais poder desfrutar desses lugares tão marcantes da nossa cultura. Quantos filmes, quantas músicas, quantas fotos, e eu estava bem ali! Logo depois decidimos fazer nós mesmos um segundo Trash the Dress, dessa vez na Torre Eiffel. Fomos para o hotel nos arrumamos, pegamos um taxi e voilá estávamos no monumento símbolo de Paris noivos e lindos para as fotos.

Imagem

Conseguimos um pôr do sol tão lindo e não poderíamos estar mais felizes!

ImagemImagem

E depois da ideia da Milena Reinert no nosso Trash em Trento http://milenareinert.com.br/trash-the-dress-bruna-e-pedro-trento/ decidimos repetir o pulo!

Imagem

Na verdade toda a ideia começou com uma imagem que eu vi quando fiquei noiva. Era de uns noivos correndo na frente da torre. Aquela imagem nunca saiu da minha cabeça. Quando estava fazendo as malas pensei: eu tenho o vestido, tenho o noivo, tenho a cidade, por que não fazer a foto? Claro que não ficou igual, mas ficou suficiente linda para mim!

Imagem

Ainda aproveitamos a torre iluminada e a noite linda (e fria) que fazia…

Imagem

No dia seguinte acordamos felizes demais porque era finalmente o nosso dia! 30 de junho de 2013 e a alegria de comemorar 1 ano de casamento. Dizem que quem sobrevive ao primeiro e ao sétimo ano fica casado pra sempre! ahahahahaha Pegamos o ônibus novamente e seguimos para os Jardins de Luxemburgo. Eu não imaginava que o lugar era tão lindo, gente! É como se fosse um cenário de filme, uma coisa impressionante (ou eu é que sou muito deslumbrada mesmo)!

ImagemImagemImagemImagem

ImagemAlmoçamos entre o Jardim de Luxemburgo e o Pantheon. Depois seguimos para mais um giro em Montmartre, Notre Dame, Louvre e por último no Arco do Truinfo.

ImagemNotre Dame

Imagem

Imagem

Tomamos um sorvete na Champs Élysées e jantamos em um restaurante um prato típico com Crème brûlée de sobremesa.

Uma coisa interessante é que é muito típico pelo menos aqui na Itália e em Paris, comer em mesinhas fora do restaurante. Acho que os europeus realmente aproveitam o verão e a primavera! Tomam todo sol que puderem mesmo que seja no almoço ou janta (que ainda tem sol) e eles tem razão, comer assim é bom demais.Imagem

Em Paris tem tudo de tudo, muito diferente de Trento! E também para o turismo tem de tudo. Vi tour de bicicleta, de carruagem, de ônibus, de bicicleta em que um pedala e dois vão atrás, de fusca conversível, de Limousine e de carros que eu nem sei dizer como se chamam.

Imagem

E agora algumas fotos que eu bati especialmente pra vocês! 🙂

ImagemImagemImagemImagemImagem

Quem quiser ver mais fotos pode acessar nosso Facebook que tem muito mais! https://www.facebook.com/ComAmorNoLar

Claro que isso não é tudo, mas aqui estão as partes mais importantes. Quem for pra Paris e quiser algumas dicas, pode pedir nos comentários! E quem quiser muito ir mas tiver com a grana curta eu sugiro que comece logo o cofrinho porque Paris vale muito a pena! 🙂

Com carinho,

Bruna

Anúncios

4 pensamentos sobre “Mundo Afora: Paris

  1. É maravilhoso “conhecer” esses lugares pelas lentes de pessoas tão queridas como vocês…fiquei feliz e encantada só de ler, porque além de Paris (e todo o glamour do lugar), vocês tem amor verdadeiro e isso é lindo! Obrigada por dividir conosco 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s