Não te contaram que comunicação é a chave para a realização sexual

Oii meninas, moças, mulheres! =)

Demoramos pra postar porque estamos preparando uma série de posts que se chamará: “Coisas que não te contaram(ão) antes do casamento”. Será uma série com conteúdo para noivas ou mulheres que casaram há pouquinho tempo (agora podemos porque já temos mais de 1 ano de casamento, hehehehe) e, assim como nós, descobrem várias coisas que – pasmem – não imaginavam! Não vamos desvendar nenhum mistério, vamos apenas dividir nossas vivências e estudos sobre temas variados. A ideia surgiu depois de algumas conversas entre nós, com diveersas amigas, desde noivas, recém-casadas e casadas há mais tempo. Pelo que temos conversado com muitas moças e pela nossa pequena experiência, tem algumas coisas que quaase ninguém fala! Ou se fala, fala-se por cima o que já é de senso comum… Eu não sei se é pra não desanimar, se é por medo, zelo… sei lá, mas o que é do dia a dia, muitas vezes não é dito.

Este post foi escrito coletivamente por mim (Esther) e pela Bruna – a Paula tá numa correria louca, mas nos próximos esperamos que dê certo dela participar. Talvez a linguagem mude de repente, porque quem já leu o blog sabe que cada uma tem um jeito de escrever diferente, tentamos uniformizar, mas é difícil.

Então, vamos começar com o que é mais intocável: a primeira coisa que não te contaram(ão) antes do casamento:

Sobre Sexo

ATENÇÃO esse post é recomendado para maiores de 18 anos (ou para pessoas casadas ou próximas do casamento).

#Alguns problemas

Por muitos anos da nossa vida vivemos o mistério do sexo, ou seja, sabíamos o que era, tínhamos aprendido nas aulas de biologia e escutado diversas vezes as pessoas falando sobre ele. Mas jamais poderíamos imaginar a grandeza que ele tinha. No trabalho ouvíamos sobre sexo como se ouve sobre comida, algo banal e passageiro, tão simples e tão óbvio que as vezes me perguntava porquê ainda não tinha feito. Na igreja ouvimos frequentemente as advertências e perigos do sexo, os cuidados que os namorados deveriam ter, a importância de nos guardarmos e a ênfase ficava por conta do NÃO. Só fui descobrir a realidade (dizem que tudo tem 3 versões: um lado, o outro e a verdade) depois de casar e experimentar por mim mesma o que era aquilo sobre o que ouvi falar por tantos anos.

Este assunto ganha disparado em ser o mais escondido de todos. INCRÍVEL, como você sai na rua e o mundo te enche de coisas com muuito apelo sexual, todos falam sem muitos tabus sobre isso ( de forma bastante grosseira – às vezes, mesmo entre cristãos), se você fez algum curso de noivos, certamente, teve algum aconselhamento sobre isso… mas, alguém já te falou que esse é um dos principais motivos de briguinhas (às vezes, até as maiores brigas) e alguns problemas no começo do casamento?! Que no dia a dia a coisa é beeem diferente do que os livros e filmes mostram? Daí você vai me dizer: “EU SABIAA! Sei que às vezes, rola aquela dor de cabeça… e homem né? Sabe como é… ” Se tem uma coisa que não funciona na vida à dois é o senso comum. Deus, na sua infinita sabedoria e soberania, criou pessoas diferentes. Não acredito que ou o homem ou a mulher tenha mais necessidade do sexo como às vezes é dito. Só posso afirmar que é necessidade para ambos, e quanto ao nível creio que podermos ter diversos fatores influenciando (pro bem e pro mal também) como: criação, cultura, algum trauma, cosmovisão, hormonal, etc. Nem sempre é fácil, natural ou simples achar um equilíbrio nesse aspecto da vida. Não é complicado também, mas o grande problema é irmos pro casamento (e isso em muuitos outros aspectos) com uma visão muito hollywoodiana de relacionamento que no dia a dia é bem diferente!

Nosso conselho é que vocês, como casal cristão, busquem a Deus em todas as coisas. Outros conselhos separamos por “tópicos”:

# Sobre a Lua de Mel

Pra quem ainda não se casou ou não teve relações sexuais, aqui vai uma grande revelação: o sexo não é como nos filmes, definitivamente, não é. Passamos a vida achando que vamos nos casar, vamos entrar no quarto, vamos tirar a roupa e seremos felizes para sempre, quando finalmente descobrimos que sim, seremos felizes para sempre, mas não do jeito que os filmes mostram. Algumas mulheres podem demorar dias até que o hímen se rompa, outras terão que achar um outro jeito de rompê-lo, outras terão alguns empecilhos psicológicos e outras não terão problema nenhum. De todo modo, “não importa qual tenha sido a nossa experiência anterior, recém-casados devem chegar a noite de núpcias vendo-se a sim mesmos como principiantes na aventura do sexo bíblico” (Dave Harvey). E como principiantes teremos que dar tempo ao tempo para conhecermos o nosso corpo e o do nosso cônjuge e aprendermos a satisfazermos um ao outro. Então, meninas, não desanimem se as coisas no início parecerem mais doloridas do que vocês imaginavam e se aquele prazer tão divulgado não chegar assim depressa; e mesmo que você não sinta nenhuma desconforto físico, às vezes leva um tempo até que você se sinta à vontade psicologicamente e emocionalmente. Tenham paciência e como em qualquer outro exercício na vida, moças casadas: pratiquem! A verdade é que: com o tempo só melhora! \o/

# Mais do que Dois Corpos

É verdade que precisamos dos nossos corpos para a relação sexual, mas é sempre bom lembrar que ela é mais do que isso. “O sexo é uma experiência de conexão. É a união do masculino ao feminino da maneira mais íntima possível. Não é simplesmente a junção de dois corpos. É a união de corpo, alma e espírito. […] Ele foi criado para ser a experiência de conexão única que une marido e mulher em um relacionamento íntimo pra toda a vida” (Gary Chapman). E exatamente nesse ponto que a gente mais se diferencia dos outros tantos milhões de pessoas nesse mundo que pensam que o sexo é só um momento de prazer ou uma boa  forma de aliviar a tensão, tornando o ato sexual mais uma das diversas formas de egoísmo. É verdade que o sexo traz prazer e alivia a tensão – e isso não é um problema -, mas ele é MUITO mais do que isso. Ele é um mandamento de Deus: “Portanto, deixará o homem o seu pai e a sua mãe e se unirá a sua mulher, e eles serão uma só carne. E ambos estavam nus, o homem e a mulher; e não se envergonhavam.” Gênesis 2:24-25. Deus criou o sexo, minha gente! E não pensem que alguém sabe mais sobre isso do que Ele.  É algo bastante importante. Não é secundário, não é irrelevante. E mais, não deve ser tratado como o mundo trata. Nós cristão podemos dar muito mais mérito ao sexo do que o mundo, porque nós temos a concepção real do que o relacionamento sexual significa dentro do casamento!

# Vamos Conversar?

Até hoje ainda não descobri melhor maneira para resolver as coisas do que conversar sobre elas. É do Gary Chapman uma das frases que mais me fez pensar na importância do diálogo: “comunicação é a chave que destrava a realização sexual”. Para não-cristãos, a maior parte das “formas de se ter realização sexual” é centrada no eu, para nós cristãos não deve ser assim, por isso a importância de uma boa conversa, de ouvir nosso marido e de que eles nos ouçam!  É engraçado como existem tantas piadinhas sobre sexo, tanto sexo explícito nas novelas das 9, tantas brincadeirinhas com ambiguidades e tão poucas boas conversas sobre sexo. Nenhum de nós lê pensamentos (isso vale pra mil coisas no casamento!), precisamos nos calar e ouvir o que o nosso cônjuge tem a dizer sobre o que lhe dá prazer, sobre como ele se sente com algumas práticas e precisamos falar sobre o nosso ponto de vista, sobre o que nos dá prazer, sobre o que é bom pra gente e o que é ruim. Não espere que o outro vá adivinhar o que você deseja que ele fizesse, nem pense que poderá adivinhar o que o outro quer. Cada um tem o seu jeito, sua preferência e carrega suas próprias bagagens e sendo sexualidade um assunto super delicado, diria que muitas vezes a pessoa nem sabe os motivos pelos quais não gosta de alguma coisa ou gosta de outra, ela simplesmente precisa falar sobre isso para descobrir e, assim, satisfazerem-se. Em outro post eu, Bruna, já comentei que aqui em casa adotamos uma “reunião” na qual falamos o que gostaríamos que o outro mudasse e ouvimos (de verdade) o que nós deveríamos mudar e isso também se aplica ao sexo. Converse sempre com seu cônjuge, será muito difícil que vocês tenham satisfação sexual plena sem terem boas conversas. Não se arme, não vá conversar achando que tem razão e que sabe tudo, vá para ouvir e decida satisfazer o seu cônjuge. Faça perguntas, não tenha medo: O que eu poderia fazer para tornar o lado sexual do casamento melhor para você? É uma boa pergunta para iniciar a conversa. Tome atitudes práticas, essas atitudes de vez em quando não são as mais românticas e lindas, na verdade, por vezes são beem “burocráticas” e metódicas. Por exemplo: talvez jantar mais cedo pra terem mais tempo juntos; deixar a louça pra amanhã de manhã, combinar dias específicos pra vocês dois… o importante é conversar e estar disposto a ceder, abrir mão, falar, entender!

Este post fica por aqui, mas ele tem continuação amanhã! Decidimos separar em duas partes para não ficar tão pesado! =)
Amanhã vamos falar mais sobre a pureza no casamento, a importância do sexo como proteção para o casal, a aliança de pertencer um ao outro e etc. Esperamos tê-las ajudado pelo menos em algum aspecto! (=

Até amanhã,
Bruna e Esther.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Não te contaram que comunicação é a chave para a realização sexual

  1. Esther e Bruna, parabéns pelo ótimo texto à luz da Palavra.
    Estes assuntos são importantíssimos na vida à dois. O Senhor nos instrui por meio da Sua Palavra e nos traz esclarecimentos de como lidar com o nosso cônjuge no dia a dia do casamento. Que Deus continue inspirando suas vidas e que muitas meninas possam ser ajudadas antes e após a vida de casada. Um grande beijo! Karin Marina. 🙂 – Londrina – Paraná.

    • Karinn! Que legal saber que você passa por aqui!
      Que bom que você gostou do post, realmente, são assuntos muito importantes pro casal e extremamente relevantes em nossa vida pessoal e com Deus também!

      E, infelizmente, é um assunto que vem pra nós tão deturpado né? Tão contaminado por cosmovisões seculares e ímpias…

      Mas, temos a Palavra, que nos guia e nos instrui, graças a Deus!!

      Abraçãoo, Deus guarde vocês!

      =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s