Sobre Modéstia Cristã e Vaidade

penteadeira classica 1

Todo mundo tem uma cosmovisão. Cosmovisão é o conjunto de ideias que fundamentam a nossa forma de viver e ver o mundo. Como cristãos o correto é termos uma cosmovisão cristã, um modo de ver e viver a vida de acordo com aquilo que o Senhor valoriza e deseja. Podemos descobrir muitas coisas sobre Deus e nós mesmos observando a Sua palavra. Podemos descobrir, por exemplo, como Deus abomina o excesso de vaidade e como na história do seu povo Ele disciplinou aqueles que não deram ouvidos a sua voz e se conformaram com a sociedade em que viviam:

“Diz ainda mais o Senhor: porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés; Portanto o Senhor fará tinhoso o alto da cabeça das filhas de Sião, e o Senhor porá a descoberto a sua nudez. Naquele dia tirará o Senhor os ornamentos dos pés, e as toucas, e adornos em forma de lua, os pendentes, e os braceletes, as estolas, os gorros, e os ornamentos das pernas, e os cintos e as caixinhas de perfumes, e os brincos, os anéis, e as jóias do nariz, os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e as bolsas. Os espelhos, e o linho finíssimo, e os turbantes, e os véus. E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro; e por cinto uma corda; e em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, pano de saco; e queimadura em lugar de formosura.” Isaías 3:16-24

Deus nos ensina a sermos modéstas e para compreender do que se trata, podemos começar com o seu antônimo, a imodéstia: “A imodéstia, então, é muito mais do que vestir-se com uma saia curta ou com um top vulgar; trata-se do ato de chamar atenção indevida para si mesmo. É orgulho, exibindo-se através do que você veste”. C.J Mahaney. E esse não é, por acaso, o objetivo da nossa sociedade? Aparecer, ser o melhor e mais belo que os outros, ter as melhores coisas, ter orgulho de quem você é e do que veste. Acho que nesse ponto precisamos decidir a quem queremos servir: aos desejos e objetivos desse mundo ou ao Senhor, como Josué falou: “escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor.” Josué 24:5 E servir ao Senhor, nesse caso, implicará abrir mão dos padrões de beleza desse mundo.

E não estou aqui pregando a não-beleza, não estou defendendo a calça de moletom e a camiseta de campanha política. Deus deu a nós mulheres beleza e graça e por algum motivo temos essa capacidade transformar a nós mesmas e os ambientes ao nosso redor fazendo-os mais belos. Deus mesmo é o autor do belo, basta olhar pro céu, pro pôr do sol, pras flores, pros animais, a Criaçao nos fala e nos revela um Deus que criou a beleza, que tem bom gosto! Ser modésta não é sinônimo de ser desarrumada e relaxada, isso é legalismo e falsa modéstia. Mas então como saber até onde vai a vaidade na sua forma saudável e em que momento ela passa a ser pecado?

“A resposta começa na intenção do coração. Uma mulher deve examinar seus motivos e objetivos da maneira como se veste. Sua intenção é mostrar a graça e a beleza da feminilidade? (…) É revelar um humilde coração dedicado à adoração a Deus? Ou sua intenção é chamar a atenção para si mesma, e ostentar sua (…) beleza? Ou pior, tentar seduzir os homens sexualmente? Uma mulher que é focada em adorar a Deus irá considerar cuidadosamente como ela está vestida, porque seu coração ditará seu guarda-roupa e sua aparência”. John MacArthur

Mais uma vez o convite é olhar pra dentro. E a Bíblia está recheada de versículos que afirmam quais devem ser os valores de uma mulher cristã. Enquanto o mundo grita: faça academia; de adeus à celulite; tenha um bumbum durinho; faça a dieta x ou y; a Bíblia afirma: “A beleza de vocês não deve estar nos enfeites exteriores, como cabelos trançados e joias de ouro ou roupas finas. Pelo contrário, esteja no ser interior, que não perece, beleza demonstrada num espírito dócil e tranquilo, o que é de grande valor para Deus. Pois era assim que também costumavam adornar-se as santas mulheres do passado, que colocavam a sua esperança em Deus. Elas se sujeitavam a seus maridos, como Sara, que obedecia a Abraão e lhe chamava senhor. Dela vocês serão filhas, se praticarem o bem e não derem lugar ao medo.” I Pedro 3:3-6.

Por que, minha gente? Por que eu vejo tanta gente cristã falando apenas em dietas, corridas, caminhadas e exercícios no Facebook? Por que as mulheres cristãs querem tanto se parecer com as mulheres mundanas? Por que o culto, que deveria ser de adoração a Deus, virou um desfile de moda? Por que ainda tem fotos de mulheres cristãs, muitas vezes casadas, de biquíni para mais de 500 amigos no Facebook? Aonde estão “as santas mulheres do passado, que colocavam sua esperança em Deus”? Aonde esta a modéstia que o Senhor nos ensinou? Por que é mais importante ter o seio em pé do que amamentar seu filho? Por que é mais importante fazer academia por 2 horas ao invés de ajudar alguém? Por que é mais valoroso ser magra do que ser piedosa? Por que?

“Da mesma forma quero que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição, não se adornando com tranças, nem ouro, nem pérolas, nem roupas caras, mas com boas obras, como convém a mulheres que professam adorar a Deus.” I Timóteo 2:9-10 Se professamos adorar a Deus então convém que nos vistamos com modéstia, decência e discrição. Saiba se existe o momento certo para lantejoulas e oncinhas, se existe um lugar adequado para maxi colares e maquiagens extravagantes. Talvez você esteja sendo imodesta, inadequada e esteja desagradando ao Senhor. Não existe uma área da nossa vida em que não devamos procurar agradar a Deus, ou na qual Ele não esteja interessado. O que vestimos poderá glorifica-Lo ou não, de qual modo você deseja se vestir? Com qual intenção você deseja fazer exercícios e ter uma alimentação equilibrada? E você pode mentir pra mim, pode mentir pros seus amigos e dizer que faz tudo em nome da saúde, mas o Senhor sonda os corações, Ele sabe se você faz essas coisas para atrair todos os olhares pra você. “Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.” Gálatas 6:7-8

Que tal trocar algumas horas de exercício físico por algumas horas de um trabalho voluntário? Que tal passar menos tempo no Salão de Beleza e mais tempo com a sua família? Talvez até sobrasse tempo para o culto doméstico se você passasse menos tempo escolhendo a roupa que vai vestir para ir trabalhar. E se a gente se preocupasse mais com as coisas que são eternas? Como Jesus ensinou: “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” Mateus 6:19-21

Temos que ajustar o nosso foco e a nossa prioridade. Pelo que queremos ser conhecidas? O único adjetivo que recebemos ou queremos receber é sobre a nossa aparência? O que fala mais alto, nossa aparência ou o nosso caráter?

Desse modo eu queria incentivar as mães e  os pais, e a todos os outros, sobre o que falamos para nossas meninas e como deixamos que elas se vistam e se ainda são muito pequenas, como vestimos as nossas filhas? Certa vez li um texto muito interessante, que a Esther recomendou, sobre como conversar com meninas, o texto explicava porque não devemos falar apenas sobre como uma menina está linda: “Ensinar as meninas que a aparência delas é a primeira coisa que se nota ensina a elas que o visual é mais importante do que qualquer outra coisa. Isso as leva a fazer dieta aos 5 anos de idade, usar base aos 11, implantar silicone aos 17 e aplicar botox aos 23.” E não é isso que nós queremos, certo? Já para os pais, é muito importante lembrar o papel fundamental que eles têm ao ensinar suas filhas sobre como se vestir com decência. Um artigo excelente sobre o tema está no Mulheres Piedosas e se direciona a pais de meninas para terem mais atenção no modo como permitem as suas filhas de se vestirem. “Quando uma jovem se veste imodestamente, normalmente significa que o pai dela falhou em conduzí-la, preocupar-se com ela e protegê-la. Sem o cuidado e a proteção de um pai, ela pode estar exposta diariamente às mentes cobiçosas de homens.”

E para finalizar tenho aqui 7 pontos sobre como a modéstia se parece, extraidos do texto “Com o que a modéstia cristã se parece” de Rebecca VanDoodewaard traduzido por Arielle Pedrosa:

1. Roupas modestas cobrem.
2. Roupas modestas incentivam a santidade em vez de tentar à lascívia.
3. Roupas modestas são apropriadas.
4. Roupas modestas nos permitem servir em certas circunstâncias.
5. Roupas modestas são moderadas, não elaboradas, decadentes, ou chamativas.
6. Roupas modestas são culturalmente sensíveis.
7. Roupas modestas são bonitas.

Depois disso tudo não venha me dizer que ser modésta implica em ser feia ou desarrumada, ser modésta significa apenas que voce entendeu qual é o lugar e o espaço adequado que a sua aparência deve ter na sua vida e na vida dos outros.
Com amor,
Bruna
Anúncios