DICA: mantendo o contato visual com o bebê (Parte 1)

brincar_bebe_post

Pode parecer óbvio este título, mas nem sempre damos a devida importância ao contato visual com o bebê diante de uma enxurrada de tarefas cotidianas. Sei bem que, muitas vezes, enquanto o bebê está na cadeirinha ou no tapete de atividades, por exemplo, vamos conversando com eles enquanto arrumamos algum cômodo da casa. É claro que isso não está errado, até porque o bebê não precisa que fiquemos frente a frente com ele a todo o momento em que estiver acordado, mas quando estivermos realizando algumas atividades com os bebês, é preciso cultivar esse contato visual (que também é corporal).

A importância do contato visual, desde o nascimento, não diz respeito apenas à afetividade (o que é de suma importância). Esse contato irá culminar, daqui a alguns meses, na atenção do bebê para a sua voz; quando ouvir os seus comandos. Desde agora ele estará “treinando” sua atenção, ele escuta a mãe, ele observa atentamente ao que ela diz e irá corresponder de forma mais precisa com o passar do tempo. Ele irá compreender da melhor forma que vocês estão conversando, o que você está fazendo com ele naquele determinado momento. Muitas vezes, a irritação dos bebês nos momentos de troca, amamentação, banho, derivam dessa falta de contato visual mais preciso entre o cuidador (pai, mãe, avós, tios…) e o bebê.

Aprendi, na prática do cuidado com bebês, quão fácil fica a rotina, o diálogo com eles, quando se estabelece esse contato visual. Eles aprendem a te olhar, ao invés de querer sempre um colo quando estão totalmente inseguros diante de uma determinada atividade nova. Por exemplo: o bebê vai subir em um degrau, mas ele nunca fez isso antes, ele pode chorar e você correr para pegá-lo, até porque parece perigoso, mas experimente fazer o contato visual durante a amamentação, troca de fraldas e você verá que nesses momentos, ainda que ele chore, se você, mesmo um pouco distante, olhar nos seus olhos e dizer: “Pode ir, querido. Você consegue. A mamãe está aqui.”, e permanecer olhando para ele, é provável que ele ganhe segurança e vá aprender mais uma nova atividade, irá superar mais um obstáculo.

Aqui em casa, desde o nascimento do nosso filho, eu busquei esse contato visual. Mesmo quando ele nem me olhava, eu cantava, colocava meu rosto em frente ao dele delicadamente e esperava o contato visual. Ficava conversando, cantando para ele, tentando fazer a troca de roupas ou de fraldas o tempo mais gostoso possível. No começo ele se mostrava muito irritado quando tinha que trocar de roupas e hoje ele levanta os bracinhos (porque eu sempre tocava na parte do corpo que eu iria vestir antes de vesti-lo). Hoje, ele dá gargalhadinhas e sempre se mostra feliz com a troca de fraldas, banho, troca de roupas. A previsibilidade da rotina gera confiança nos bebês. Aquela mesma musica para a hora da soneca, aquele mesmo som para chamar a atenção para a hora da troca de fraldas… Assim como no método Pikler, eu sempre digo: “Filho, agora, a mamãe vai limpar o seu bumbum, e você pode me ajudar?”. Agora, quando faço isso ele levanta as perninhas e não quer saber de baixar, hehe.

Também, o contato visual irá culminar na própria formação do seu filho como leitor e escritor, no processo de alfabetização. É preciso lembrar que tudo distrai as crianças, muitas coisas são interessantes (aquela formiguinha subindo a parede, aquele pássaro que voou, aquela imagem na televisão) e quando a criança precisa aprender algo, precisa se aquietar para escutar aquela história, para ouvir aquele comando dos pais (Filho, não suba aí. Espere a mamãe.) ela precisará de atenção e esse contato visual irá poupar alguns contratempos e dificuldades.

Até a próxima dica.

Com carinho,

Vanessa.

*Fonte da imagem: Google imagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s