ANDANDO POR FÉ E NÃO POR VISTA

Estamos sempre nos perguntando e fazendo planos sobre como será nossa vida amanhã. Será que vai ser do jeito que eu desejo? Será que os sonhos que eu e meu marido temos irão se realizar? Será que vou conseguir engravidar? Será que meu marido vai conseguir aquele emprego?

São tantas as preocupações que até perdemos o sono. E muitas vezes acabamos agindo em favor da nossa vontade, deixando de esperar no Senhor. E isso, pelo menos comigo, geralmente dá errado. As coisas começam a desmoronar lentamente – ou não tão lentamente – e logo me toco: fiquei ansiosa e deixei de esperar em Deus, agindo por mim mesma. E isso serve de aprendizado e crescimento para nossas vidas.

A falta de fé da nossa parte é tão comum que Paulo, em sua segunda carta aos Coríntios, falou:

“Porque vivemos pela fé e não pelo que vemos.” (2 Coríntios 2:5)

E o autor da carta aos Hebreus disse:

“Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se veem.” (Hebreus 11:1)

Ainda temos exemplos na Bíblia de situações similares a nossa. Como o povo de Israel que, chegando perto da terra prometida, o Senhor fala a eles: “Eis aqui a terra que eu pus diante de vós; entrai e possuí a terra que o Senhor, com juramento, deu a vossos pais…” (Deuteronômio 1:8).

Entretanto continuando a leitura do capítulo vemos que o povo chegou até Moisés e pediu para que fossem enviados espias para checar se a terra era realmente boa e o que esperaria eles lá. (Confira em Dt 1:22) Eles queriam VER com seus próprios olhos a terra. A fraqueza deles fez com que andassem por VISTA e não pela fé.

O que aconteceu é que o povo de Israel não teve fé naquilo que Deus havia dito para eles. Então espiaram a terra e viram que lá habitava os amorreus, um povo muito “maior e mais alto” (Dt 1:28) do que eles. Logo se afligiram e duvidaram de Deus. Pois aos seus olhos não poderiam vencer aqueles gigantes. Então falaram: “tem o Senhor contra nós ódio; por isso nos tirou da terra do Egito para nos entregar nas mãos dos amorreus e destruir-nos.” (Dt 1:27)

Como vemos em Deuteronômio 1:35 o Senhor afirma: “Certamente, nenhum dos homens desta maligna geração verá a boa terra que jurei dar a vossos pais.” A consequência dessa falta de fé na palavra de Deus foi que essa geração não viu a terra prometida.

Eu me pergunto: Quantas vezes não agimos com nossas próprias mãos ao invés de esperar e crer no Senhor? Quantas vezes não “enviamos espias” para ver se o caminho que o Senhor estava nos guiando era realmente bom ou se era o caminho que eu esperava/desejava.

Que o Senhor tenha misericórdia de nós e que possamos aprender a cada dia a confiar sem hesitar nas decisões dEle para a nossa vida!

 

Beijos da nova colaboradora do blog,

Ana Cadury Prado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s