Grávida… na Tailândia!

Que atire a primeira pedra quem não levou um sustinho ao olhar os dois risquinhos no teste de gravidez! Que atire outra pedra que não levou dois sustinhos ao confirmar que estava grávida do outro lado do mundo… na Tailândia… hahahahahahaha.

IMG_9633

Não foi propriamente uma surpresa. Eu e meu marido havíamos conversado sobre a possibilidade de engravidarmos em 2015… o fato é que o teste positivo veio depois de um mês da dita conversa. Antes de me mudar eu havia revirado a internet atrás de relatos de mães brasileiras que tiveram seus filhos na Tailândia, mas não havia encontrado nada. Logo quando me mudei, eu e meu marido conhecemos um grupo de brasileiros que se reunia aqui para estudar a palavra e, para a minha surpresa, encontrei algumas mamães que haviam tido os seus bebes na “terra do sorriso”. Óbvio que as bombardeei de perguntas sobre o parto, hospital, custos e tudo mais. O que, ainda assim, não me poupou daquele sustinho momentaneo e delicioso de enfrentar o que, até então, era um mundo desconhecido.

Um dia depois do exame de farmácia, estava eu no hospital. E não tem como, de fato, explicar o que é o hospital em Bangkok. (Considere que eu havia vindo da Eslovênia, pequeno país ex-comunista da Europa). A sensação era de estar em um shopping. Escada rolante, starbucks, restaurantes, salão de beleza… E, por fim, enfermeiras vestidas como nos desenhos infantis. Entrei no consultório, ele me examinou, me deu os parabéns e perguntou se eu gostaria de fazer o exame de sangue. Diferente do Brasil, fiz no próprio hospital e mais tarde elas me ligaram para confirmar que eu estava, realmente, gravidissima!

E assim seguiram os meses até aqui… o pré natal, pelo que eu tenho percebido, não se difere muito do Brasil. São feitos ultrassonografias mensais, no próprio consultório. A única diferença que pude perceber até agora é que a sindrome de down não é averiguada pelo exame de translucência nucal e, sim, por um exame de sangue que examina o material genético do bebe que é encontrado no próprio sangue da mãe. Outro fato é que aqui eles não tem pressa em dizer o sexo do bebe. Eu descobri semana passada, com 18 semanas (é uma meninaaaaaa! Maria Helena!!), mas ele disse, inicialmente, que seria só depois das 22 semanas… e olhe lá!

E o susto? Ele passou logo no primeiro instante. No momento que me vi agraciada pela benção de ser mãe! E quando ouvimos pela primeira vez o coração bater? Foi muito amor que chegou a escorrer pelos nossos olhinhos, né papai?

Anúncios

3 pensamentos sobre “Grávida… na Tailândia!

  1. Olá Priscila, tudo bem?
    Muito obrigada pelo seu post, as dicas me ajudam bastante. Gostaria de saber se hj em dia vc recomendaria uma grávida ir para Thai. Estou de 5 meses e tenho uma viagem de férias marcada para maio/2016, planejei antes de descobrir que seria mamãe. Estou no Japão e ouvi falar que há casos de zika vírus, você ainda mora na Thailandia? Posso entrar em contato para tirar algumas coisas com vc? Me desculpe a ousadia né! Muito obrigada, um beijo!

  2. Olá tentei procurar a continuação da história mas não encontrei, estoubibdo p a Tailândia e provavelmente terei meu parto lá, gostaria de saber se o seu parto foi na Tailândia, como foi, hospitais e etc… Muito obrigada..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s