O que? Seu bebê dorme a noite inteira?! (parte 1)

Sim. Dorme a noite inteira desde os 40 dias de vida! E durante muito tempo isso foi mantido em segredo absoluto. Tinha medo da reação das outras mães e tinha muita dó por vê-las exaustas contando das aventuras da madrugada delas. Fui instruída a “manter segredo pra manter a amizade”, afinal, depois de um desabafo sobre uma noite péssima com seu bebê, nenhuma mãe quer ouvir que a outra dormiu feito uma pedra! Agora que minha filha já completou 1 ano, me sinto livre para falar abertamente sobre o tema. Mesmo porque, acho que posso ser útil para alguma dessas mães.

Já adianto que não apresentarei aqui nenhuma fórmula mágica, ou receita especial para que um bebê durma a noite inteira, mesmo porque não creio que isso exista. Mas apresentarei aquilo que eu fiz e que funcionou com a minha filha (espero que funcione com o próximo(a)).

close-up portrait of a beautiful sleeping baby on white

#Leitura

Coloco como primeiro item porque é o que se pode fazer já na gestação. E foi o que eu fiz. Começando pelo clássico “Nana, Nenê” do Gary Ezzo, passando por capítulos avulsos de livros como “Crianças Francesas não Fazem Manha” e “Mãe de Primeira Viagem”, até chegar ao meu queridinho “Soluções para Noites sem Choro” da Elizabeth Pantley. Sem falar das pesquisas em blogs e sites sobre o tema. (Eu perdia o sono antes mesmo de a minha filha nascer, pensando em como eu o perderia quando ela nascesse. E pra ajudar ainda recebia o clássico comentário: “Aproveita pra dormir agora, porque depois…”. E o depois, graças a Deus, não chegou pra mim!)

Acho que atualmente, com a riqueza de acesso a informação que temos, fica fácil saber mais sobre o tema. Os conselhos das avós e tias são bem-vindos, mas devemos nos alegrar por poder ir além do conhecimento familiar e partir para a descoberta de outras informações. Leia. Informe-se. Pergunte para mães que você confia, que tiveram êxito nessa área. Pense sobre aquilo que leu, reflita sobre as informações que lhe são passadas. Saiba mais sobre como é o sono do bebê, sobre quantas horas ele precisa dormir, sobre os motivos que levam um recém-nascido a acordar de tantas em tantas horas… Enfim, procure esclarecimento. No início poderá parecer só um monte de teoria, mas aos poucos, com a chegada do bebê, muitas delas tomarão forma e poderão fazer todo o sentido.

#”Muito ajuda quem não atrapalha”

Eita ditado bom! E é bem isso que muitas vezes nós, mães, fazemos ao sono dos nossos bebês: atrapalhamos! Ouvi certa vez um pediatra falar sobre como é “insano” uma mãe dizer que o bebê sai do berço o tempo inteiro. Ele disse: “Como assim, mamãe? Seu bebê já sabe escalar o berço?”. Claro que a mãe respondeu que não, que era ela quem o tirava de lá, aí ele respondeu: “Ah! Então a senhora o tinha do berço! Ok. Agora entendi.” E para bom entendedor… Gente, precisamos nos conscientizar, precisamos pensar com mais clareza e menos emoção em alguns momentos.

Algumas vezes o bebê apenas respira mais fundo e a mãe ou o pai já estão ali, em cima do berço, pegando o bebê e fazendo sabe-se lá o que às 3h da manhã! Isso transmite uma mensagem ao bebê: devemos acordar às 3h da manhã! Isso pode facilmente se tornar uma rotina pra ele. Nem sempre que o bebê chora ou apenas resmunga a noite é sinal de que algo está, de fato, errado com ele. Às vezes, quando muito pequeno, os próprios reflexos podem acordá-lo e ele mesmo poderá ser capaz de dormir sozinho novamente. Às vezes ele apenas terminou um ciclo de sono e iniciará o outro, sem precisar ser pego ou mamar. Às vezes ele está “se ajeitando” no berço. Mas se ele já estiver habituado a dormir embalado, mamando, acariciado ou qualquer outra coisa, aí sim, ele acordará esperando que alguém o ajude a pegar no sono novamente. Fora isso, muito ajuda quem não atrapalha. Faça como a autora do “Crianças Francesas não Fazem Manha” sugeriu: faça uma pausa. Espere, escute, dê um tempo ao seu bebê. Tenha certeza absoluta de que ele não está bem antes de sair correndo e tirá-lo do berço. Muitas vezes ele poderá voltar a dormir sem que você vá lá para ajudar.

E também não invente coisas na madrugada para acordar o bebê. Trocar a fralda, por exemplo, só se ele tiver feito algo de “grave” lá dentro, se não ele poderá passar por 5h sem trocar a fralda e sem morrer por causa disso! Tente não fazer barulho durante a madrugada e se for possível, coloque-o o quanto antes para dormir em seu próprio quarto.

#Não Estimule

Acho que esse foi o primeiro grande conselho que recebi sobre o sono do bebê. Bebês devem ser tranquilizados pelos menos 1 hora antes de irem pro berço. Abaixar as luzes, fazer uma massagem, contar uma historinha, tomar um banho relaxante, mamar… Somente atividades tranquilas, à meia luz, devem estar presente nesse período, dependendo da idade do bebê. Televisão e aparelhos eletrônicos não devem passar nem perto (de bebês). Além disso, brincadeiras super legais com o papai (ou seja lá quem for), também devem ser evitadas. Nada de cantar “Serra, serra, serrador” balançando o bebê 15 minutos antes dele ir dormir! Seria melhor olhar nos seus olhinhos e cantar uma canção de ninar com a voz bem baixinha!

Não somos muito diferentes deles, acho que a única diferença é que às vezes estamos tão cansados que um episódio a mais de “Homeland” não nos fará perder o sono! Mas geralmente esses estímulos até para nós nos causam pesadelos ou insônia. Então, procure “criar um clima” para que o sono do bebê venha com mais facilidade e seja gostoso.

 

Claro, ainda temos muitas outras dicas pra dar. Aguarde os próximos posts! 🙂

Com amor,

Bruna

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “O que? Seu bebê dorme a noite inteira?! (parte 1)

  1. Pingback: O que? Seu bebê dorme a noite inteira?! (Parte 3) | Com Amor no Lar

  2. Pingback: O que? Seu bebê dorme a noite inteira? (Parte 2) | Com Amor no Lar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s